TEL: +55 11 5079-8411

PM-IRRAS (FT-IR)

O PM_IRRAS KSV NIMA é o primeiro espectrômetro de infravermelho feito especificamente para análise IR de monocamadas flutuando numa subfase aquosa ou depositadas sobre substratos reflectores. É um instrumento altamente sensível e muito específico que permite medidas em condições ambientais. A inovadora configuração goniométrica permite fácil ajuste de ângulo e rápida configuração.

Recursos e Benefícios:

KSV NIMA PM-IRRAS baseia-se na tecnologia de modulação, polarização e absorção de IR que permite caracterizar tanto a composição química como a orientação molecular de camadas finas de moléculas únicas. Especificamente concebido para a caracterização de filmes Langmuir. O sistema tem uma fácil integração com as Cubas de Langmuir e Langmuir-Blodget KSV NIMA, permitindo a caracterização com pressão de superfície controlada e empacotamento molecular. O KSV NIMA PM-IRRAS é adequado para caracterizar monocamadas flutuantes na superfície líquida e superfícies sólidas em nanoescala.

O instrumento tem um design amigável e aberto com ângulo simples (40° – 90°) e ajustes de altura. Demora apenas alguns minutos para configurar um experimento e é fácil de combinar com fonte de luz UV externa, aquecedor ou outros equipamentos complementares.

O método de modulação de polarização elimina os sinais de fundo de fatores ambientais como vapor de água e CO2. Não há necessidade de gases protetores ou ter a parte óptica do FTIR em vácuo.  Permite também tempos de medição mais longos, porque as alterações nas intensidades da fonte de luz ou as alterações da altura da superfície da água não afetam o espectro final.

Há a possibilidade de fazer medições de transmissão.

APLICAÇÕES:

A absorção infravermelha do PM-IRRAS está na faixa de 800-4000 cm-1, permitindo detectar:

Composição química de filmes finos. A composição química pode ser detectada a partir de filmes finos com apenas uma molécula de espessura.

Análise da escala molecular quantitativa da orientação molecular. As alterações de orientação de moléculas na interface ar-água ou em sólidos refletores podem ser detectadas a partir da intensidade de pico do PM-IRRAS. Isto permite, por exemplo, a observação do efeito da densidade de empacotamento da película de Langmuir bem como a orientação do revestimento de Langmuir Blodgett.

Adsorção/dessorção e reações superficiais em monocamadas e multicamadas. Estudar a interação de biomoléculas utilizando modelos de membrana celular pode proporcionar meios para compreender reações relacionadas com a administração de fármacos e o próprio comportamento da membrana. Estes tipos de sistemas-modelo são empregados em várias áreas de aplicação, tais como desenvolvimento de fármacos, tecnologia de alimentos e pesquisa biológica e bioquímica.

Transições de fase em filmes finos. As transições de fase monocamada podem ser detectadas com PM-IRRAS. Um exemplo típico seria a desnaturação da proteína na interface ou camada depositada.

Hidratação / ligação de hidrogénio. A posição do pico PM-IRRAS desloca-se dramaticamente quando a fase de hidratação muda. Isto permite a observação da resposta estrutural de um filme devido à alteração da condição externa tal como o pH ou a temperatura.

COMPARTILHE

DEIXE SEU COMENTÁRIO