TEL: +55 11 5079-8411

Temperaturas altas podem trazer riscos físicos aos trabalhadores

Temperaturas altas podem trazer riscos físicos aos trabalhadores

Temperaturas altas podem trazer riscos físicos aos trabalhadores e as alterações fisiológicas mais perigosas que podem ser observadas em situações desse tipo são no batimento cardíaco e aumento da temperatura corporal. Esses efeitos da hipertermia causam a chamada síncope pelo calor, que acontece quando os órgãos internos não recebem oxigênio suficiente. Os mais atingidos são o cérebro e o coração.

Além dessas questões mais agudas, as temperaturas altas podem trazer riscos físicos aos trabalhadores também em longo prazo. O desequilíbrio hídrico, ou seja, a perda excessiva de água, causa o envelhecimento precoce do organismo, percebidos principalmente pelo envelhecimento da pele, mas também por esgotamento do sistema muscular e vascular.

A exposição prolongada ao calor excessivo pode causar irritabilidade aguda, fraqueza, ansiedade e incapacidade de concentrar-se. A depressão pode atingir o trabalhador que se sujeitar a esse regime durante um tempo prolongado, devido à redução das atividades cerebrais causadas pela falta de oxigênio no cérebro.

Temperaturas altas podem trazer riscos físicos aos trabalhadores e se o ambiente for úmido os riscos são ainda maiores. A alta umidade consiste em um número grande de partículas de H²O no ar. E a água, sendo o mais eficiente transmissor de calor, deixa o ambiente com aquela sensação de abafamento, impedindo que o corpo humano gere sudorese e alivie a sua temperatura interna.

COMPARTILHE

DEIXE SEU COMENTÁRIO