TEL: +55 11 5079-8411

Entenda o que são bombas de amostragem

Entenda o que sao bombas de amostragem

Bomba de amostragem (ou bomba gravimétrica pessoal) é um instrumento portátil cuja utilização é fundamental para atender aos requisitos exigidos pelo Ministério do Trabalho e algumas Normas de Higiene Ocupacional Fundacentro (NHO). É importante por ser um meio adequado para coleta de diferentes tipos de produtos contaminantes, particulados, névoas, poeiras respiráveis, poeiras não respiráveis, agentes químicos, agentes biológicos e outros produtos que geram perigo à saúde do trabalhador.

É possível encontrar bombas de amostragem de baixa vazão (que englobam a faixa de 5mL/min até 500 mL/min) e de alta vazão (acima de 500 mL/min até 6L/min). Alguns modelos de alta vazão possuem recursos ou acessórios para trabalhar em baixa vazão. No entanto, as específicas para baixa vazão não são capazes de fornecer alta vazão.

As bombas contam com um sistema de compensação de fluxo para controlar a vazão constante. Trata-se de um dispositivo eletrônico que compensa uma possível perda causada por razões como diferença de pressão atmosférica e densidade gasosa do produto amostrado muito diferente da densidade relativa do ar.

Essa possível perda é expressa em polegadas de coluna d´água e determina o quanto uma bomba de amostragem é capaz de manter a vazão ajustada no início da amostragem em caso de situações adversas, como, por exemplo, a saturação de um filtro. O limite desta compensação, que garante a estabilidade do fluxo inicial ajustado, é determinado pela carga manométrica que cada modelo pode suportar.

Outra importante função das bombas é a indicação de baixo fluxo. Por meio delas é possível interromper a amostragem quando, por conta de alguma obstrução, o fluxo inicial ajustado estiver inferior à mais baixa tolerância permitida pelo fabricante, o que pode gerar erros no volume total amostrado. A indicação é feita por meio de um cronômetro regressivo, que demonstra ao usuário o tempo em que a bomba trabalhou fora da tolerância especificada.

Calibração – Assim como todos os instrumentos que realizam leituras diretas ou indiretas, as bombas de amostragem são passíveis de calibração.

Na calibração de campo é necessária a utilização de um calibrador de fluxo digital de leitura direta ou do conjunto formado por um cilindro graduado (bureta) e um cronômetro, ambos devidamente acoplados e calibrados com rastreabilidade ao INMETRO. Esta opção de calibração contempla a perda de carga devido ao meio de coleta utilizado, mas não contempla a calibração do sistema de baixo fluxo responsável pela desativação da amostragem em casos de obstrução.

Já a calibração de laboratório é importante em ocasiões incomuns, para que condições adversas à amostragem interfiram minimamente na apresentação dos resultados de volume total. Para tanto, este volume deve ser informado ao laboratório responsável pela análise da amostra, que deve ser responsável por ajustar o sistema eletrônico de compensação de baixo fluxo.

COMPARTILHE

DEIXE SEU COMENTÁRIO